Sede Social Fazendinha


Fazendinha, palco de jogos memoráveis


O Estádio Alfredo Schürig foi inaugurado em 22 de julho de 1928, com a partida Corinthians 2 x 2 América-RJ, com a presença de cerca de 2 mil pessoas. Os gols alvinegros foram marcados por De Maria - o primeiro logo aos 29 segundos. O time corinthiano era formado pelos craques Tufi, Grané, Débio, Nerino, Sebastião, Munhoz, Aparicio, Neco, Rato, Guimarães e De Maria. O técnico era Angelo Rocco.

O estádio já foi palco de 484 jogos do Corinthians, com um saldo altamente positivo: 356 vitórias e 65 empates e apenas 63 derrotas. Nessas partidas, o Timão marcou 1.345 gols e sofreu 491. No último jogo, em 3 de agosto de 2002, a equipe venceu o Brasiliense por 1 a 0. Embora a capacidade atual do estádio seja para 16 mil pessoas, o recorde de público foi registrado em 1962, no clássico Corinthians 1 x 2 Santos, quando recebeu 27.384 torcedores.

O Estádio Alfredo Schürig está localizado no centro do Parque São Jorge, sede do clube, no Tatuapé, bairro da região leste de São Paulo. Situada às margens do Rio Tietê, a área pertencia ao Esporte Clube Sírio e foi comprada em 1928 pelo então presidente Ernesto Cassano por 28 mil contos de réis, pagos durante dez anos.

O presidente Alfredo Schürig, que comandou o Corinthians entre 1930 e 1933, promoveu uma série de melhorias no campo com apoio financeiro de associados do clube. Construiu arquibancadas e batizou o estádio com seu nome. O sistema de iluminação da Fazendinha foi inaugurado em 25 de fevereiro de 1961, em uma noite de gala, na qual o Alvinegro derrotou o Flamengo por 7 a 2.

Áreas

publicidade
Fechar
Deixar esta barra sempre visível