Jadson reforça a importância de vencer o clássico contra o Santos na Vila Belmiro

Em entrevista coletiva, o camisa 10 admitiu ver melhorias na equipe corinthiana e mostrou confiança para o clássico dessa quarta-feira (12)

11/06/2019 15h08 Agência Corinthians

A- | A+


Nesta terça-feira (11), o meia Jadson concedeu entrevista coletiva à imprensa antes da sessão de treinamentos no CT Dr. Joaquim Grava. O camisa 10 falou sobre melhorias no desempenho da equipe e se mostrou confiante para a disputa do clássico diante do Santos, nessa quarta-feira (12) na Vila Belmiro.

Apesar da eliminação para o Flamengo, no Maracanã, nas oitavas da Copa do Brasil, o meio-campista admitiu que viu avanço no desempenho da equipe, que está melhorando a cada jogo e encontrando a melhor maneira de jogar: “A equipe, de alguns jogos pra cá, vem crescendo. Temos a oportunidade de encostar no grupo de cima”, apontou Jasdon.

O meia comentou sobre o apoio da Fiel Torcida nos clássicos e também aproveitou para ressaltar a importância de conseguir uma vitória na Vila Belmiro: “É um confronto direto, tomara que possamos fazer uma grande partida contra o Santos, vai ser muito importante na nossa caminhada”.

Na sequência, o camisa 10 disse não se importar com o desempenho de rivais no Campeonato Brasileiro e destacou que a equipe deve se concentrar em cada jogo para somar bons resultados e avançar na competição, sem descartar a possibilidade de título. “Devemos fazer nossa parte, esquecer os adversários e procurar somar pra estar entre os primeiros. Sabemos que o campeonato não é fácil, mas devemos nos manter focados pra quem sabe conquistar o título brasileiro”, afirmou.

Jadson assegurou que não recebeu propostas de clubes europeus, e, em seguida, disse que os desfalques alvinegros (como Cássio e Fagner, que disputarão a Copa América pela Seleção Brasileira) fazem falta, mas que o técnico Fábio Carille prepara a equipe para atuar em qualquer situação. “O Carille dá liberdade para flutuar, posso me movimentar, ele vem treinando pra quando a equipe não estiver completa em todas as posições, conseguir movimentar e balançar”.

O meia alvinegro é o segundo maior artilheiro da Arena Corinthians, apenas atrás de Romero, que tem 27 gols. Quando questionado sobre a possibilidade de ocupar o posto do paraguaio, priorizou ajudar a equipe como um todo: “Não imaginava que chegaria a isso, mas venho trabalhando firme para voltar a fazer gol. Se surgir a oportunidade, vou estar feliz por estar ajudando a equipe. Meu objetivo principal é ajudar a equipe e ajudar meus companheiros”, finalizou.

Na quarta-feira (12), às 21h30, o Corinthians disputa o clássico contra o Santos pela nona rodada do Brasileirão, na Vila Belmiro.