Confira os detalhes do Timão na primeira fase do Paulistão
Levantamento feito a partir do CIFUT (Centro de Inteligência do Futebol) analisa detalhes da equipe de Fábio Carille

Futebol - 13/03/2018

Foto: © Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

No último domingo (11), o Corinthians venceu o Botafogo-SP por 2 a 0 em Ribeirão Preto-SP. Com gols de Henrique e Gabriel, o Timão confirmou a liderança do Grupo A e a vaga na próxima fase do Paulistão 2018. Confira alguns dados, recolhidos pelo CIFUT do Timão, sobre a campanha da equipe de Fábio Carille nesta primeira parte do estadual.

Finalizações, gols e assistências

Com o terceiro melhor ataque da competição, o Timão tem um aproveitamento de 42,6% em suas finalizações. No total, são 63 chutes no alvo e 85 para fora. Na construção das jogadas ofensivas, o Alvinegro conta com grande participação do meia Rodriguinho. O camisa 26 lidera o número de finalizações.

Quando se trata de gols, o meio-campista fica apenas um tento atrás do artilheiro do Timão no estadual, Jadson, que anotou três vezes. Romero lidera as assistências para gol, três no total. Um quarto dos gols corinthianos vieram com o auxílio do paraguaio e dos pés do camisa 10. Com 17 gols anotados em 12 jogos, a equipe corinthiana ficou apenas dois gols atrás do melhor ataque da primeira fase do Paulistão.

Troca de Passes, posse de bola e interceptações

Destaque em seu primeiro ano como treinador profissional, Fábio Carille é conhecido por sua preocupação com a precisão dos passes. Acima da média do campeonato (54), a equipe corinthiana troca cerca de 68 passes 15 minutos antes de balançar as redes. Ao longo de toda a partida, a média é a maior do campeonato: 433 passes concluídos com sucesso, sendo a equipe que mais troca passes em jogadas que resultaram em gol.

Após sofrer um gol, o Alvinegro ainda mantém números superiores à média do estadual (49). São 62 passes realizados nos 15 minutos posteriores. A reação da equipe corinthiana também é evidente no setor ofensivo: são 2,38 finalizações em 15 minutos após um tento adversário, número superior à média do torneio (1,58). Fagner, com 55 passes por jogos, é o jogador que mais troca passes no torneio.

Com uma média de posse de bola de 30:27 minutos por jogo, a equipe corinthiana se mantém com a melhor defesa do Paulistão. Apesar de não desarmar muito ao longo dos 90 minutos, a defesa do Timão é líder em interceptações. De todas as tentativas, 92,9% dos desarmes do Alvinegro são corretas – maior porcentagem do torneio.



PATROCINADORES


© 2018 Sport Club Corinthians Paulista