notícias Especiais

Há quatro anos, Corinthians conquistava Recopa Sul-Americana com vitória sobre São Paulo

Romarinho e Danilo fizeram os gols que deram o título inédito ao Timão e a Tríplice Coroa Internacional, completada pela Libertadores e pelo Mundial de Clubes da FIFA

10h40 17/07/2017 - Agência Corinthians

Share to Facebook Share to Twitter Share to Google Plus Share to Whatsapp

Danilo ergueu a taça inédita da Recopa Sul-Americana

© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

O domínio internacional do Corinthians no biênio 2012/2013 teve o terceiro e final capítulo concluído há quatro anos. No dia 17 de julho de 2013, o Timão completou a Tríplice Coroa Internacional ao ser campeão da Recopa Sul-Americana pela primeira vez na história, em cima do São Paulo.

Disputada em dois jogos entre o campeão da Copa Libertadores da América e o vencedor da Copa Sul-Americana de 2012, o Corinthians tinha saído na frente na final ao vencer o rival por 2 a 1 no Morumbi. Um empate já daria o título inédito, mas o Timão sobrou na partida decisiva no Pacaembu.

Leia mais
Maycon deixa vantagem na liderança de lado: ''Discurso é o mesmo do começo do ano''
Primeira vitória do Timão na Arena Corinthians completa três anos
Com dois Camarotes Festa e atrações especiais, Timão inicia venda de ingressos para duelo contra Flamengo
Corinthians x Patriotas: 11.500 ingressos vendidos

Com muita intensidade, o Timão tomou o controle do jogo logo nos primeiros minutos. Romarinho ameaçou aos três minutos e Danilo chutou de fora da área para defesa de Rogério Ceni aos 12.

A pressão corinthiana continuou no primeiro tempo até o gol sair. Ralf arriscou de fora da área para nova intervenção do goleiro do São Paulo aos 28. Com 34 minutos, Gil ficou muito perto de abrir o placar ao desviar uma bola alçada na área, que passou triscando a trave esquerda.

A insistência foi premiada com o gol aos 36. Emerson avançou pela esquerda e cruzou rasteiro para o meio da área. Guerrero ficou com a bola, girou e bateu. Rogério Ceni defendeu parcialmente, mas o rebote ficou com Romarinho, que concluiu para o fundo das redes.

O placar era mais do que suficiente, já que o São Paulo precisava fazer dois para levar a disputa pelo título aos pênaltis. Mas a impressão era de que o Alvinegro ampliaria. Com 10 minutos, Fabio Santos teve a chance de deixar a taça mais próxima do Timão, avançando livre até a área, mas chutou fraco para defesa de Rogério Ceni.

O domínio completo do Timão foi quebrado por dois minutos, a partir dos 20, quando Cássio fez a primeira defesa no jogo. Logo depois, Aloísio ficou cara a cara, mas o goleiro corinthiano impediu o gol são-paulino à queima-roupa.

Foi o único momento de perigo à área do Corinthians. Para não correr mais riscos, o Timão conseguiu matar a partida aos 23. Fabio Santos cruzou para cabeçada de Danilo. Rogério Ceni espalmou para frente, mas, no rebote, o camisa 20 executou.

A partir daí, não houve mais jogo. Sem forças, o São Paulo não incomodou. E o Corinthians completou a Tríplice Coroa Internacional: Libertadores, Mundial de Clubes da FIFA e Recopa Sul-Americana.

Você encontra esta e outras informações no aplicativo oficial Almanaque do Timão e no aplicativo oficial do Sport Club Corinthians Paulista, ambos disponíveis em sistemas iOS, na Apple Store, e Android, na Google Play Store.

publicidade
Fechar
Deixar esta barra sempre visível